sexta-feira, 24 de junho de 2011

O menisco e suas lesões


resumo: os meniscos são estruturas localizadas nos joelhos que servem, principalmente, para lubrificá-lo, melhorar o encaixe a transmissão de força entre os ossos, e dar maior estabilidade; as lesões de menisco ocorrem através da compressão do joelho, em movimentos como mudar de direção ou amortecer um salto; as dores de menisco ocorrem na interlinha articular, ou seja, no espaço entre os ossos fêmur e tíbia, especialmente ao se apoiar num pé só com o joelho dobrado; existem basicamente dois tipos de cirurgia, a meniscectomia (recuperação é mais curta, mas perde-se o menisco ou parte dele) e a sutura (recuperação mais longa, mas mantém-se o menisco).
...

10 comentários:

  1. Boa Noite!

    Sou militar desde 1994, ano e que tive uma lesão de impacto lateral normal de treino de futebol. Em 1996 sofri nova lesão, diagnósticada por RM 9(ressonância magnética), rompimento do cruzado anterior. Sendo realizada, devido a administrativos, a cirurgia somente em set/2011. na ressonância que antecedeu a cirurgia foi-me detectado por RM, lesão de "alça de balde", sendo retirado o referido menisco medial. Questiono, fins elucidar-me, tem conseqüência a lesão do menisco medial pelos anos sem ter sido realizada a correção do cruzado anterior???
    Agradeço quem possa me ajudar, me passar maiores informações e se possível enviar-me pareceres, instruções, matérias, documentos relativos, e ou co-relacionados com o meu caso.
    Fui instrutor militar de alta performace e rigor físico.

    Att, Sandro Caetano
    scaetano21@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Sandro!

      A falta do ligamento cruzado anterior permite que o fêmur (osso da coxa) deslize, excessivamente, para trás por sobre a tíbia (osso da perna). Esse deslizamento comprime o menisco. Isso feito repetidas vezes, ao longo dos anos, pode sim promover a lesão meniscal.

      Em outras palavras, o menisco vai sendo machucado mais e mais quando o ligamento cruzado anterior não está lá para "segurar" o fêmur. Muitas vezes são lesões que estão associadas.

      Me parece ser, no seu caso, um raciocínio que se aplica.

      Atenciosamente,

      Claudio

      PS: de fato, o ligamento cruzado anterior segura o deslizamento anterior da tíbia, mas para fins didáticos, preferi explicar do ponto de vista do fêmur, pois o que ocorre mesmo é a compressão do menisco pelo fêmur.

      Excluir
  2. olá pessoal, tive uma lesão no menisco jogando futebol a uns 3 meses atrás, na época, por não saber ainda do que se tratava, tentei jogar mais umas 2 vezes mas a dor aumentou, doia bastante em qualquer situação. Desde então parei de praticar atividades que forçavam o joelho e de vez em qndo aplico compressas de gelo e quente tb. pois bem, 3 meses se passaram e a dor diminuiu muito, só sinto um pouco qndo dobro o joelho completamente ou qndo pulo. Queria saber se cotinuar nesse repouso e aplicando as compressas posso ficar curado completamente?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jayme,

      a melhor coisa a fazer é ter acompanhamento de um profissional da saúde. É difícil emitirmos qualquer tipo de opinião sobre uma lesão específica que lhe aconteceu sem termos te avaliado pessoalmente (não só é difícil, é antiético).

      Muitas lesões meniscais podem levar tempo a cicatrizar. Em atletas de alto rendimento muitas vezes o que se opta é pela meniscectomia, para acelerar a reabilitação e ele poder voltar aos trabalhos o quanto antes.

      Atenciosamente,

      Claudio

      Excluir
  3. Meu lado de RM diz o seguinte :"Menisco lateral com morfologia semidiscóide , destacando-se amputação com orientação radial interceptando a margem avascular da transição corpo/corno anterior com comunicação inequívoca para ambas as superfícies articulares ,configurando lesão radial verticas ( instável ) . Coexiste componente horizontal envolvendo a porção periférica da transição corpo/corno anterior . O corno posterior está preservado " ... É caso de cirurgia ?

    ResponderExcluir
  4. Lesão instável em geral recebe indicação cirúrgica, porém deve haver correlação do laudo com sintomas, e a decisão é tomada de comum acordo entre o paciente e o médico.

    Atenciosamente,

    Claudio

    ResponderExcluir
  5. Boa noite!
    Tenho uma lesão no menisco e precisarei passar pela sutura do mesmo.
    A minha duvida esta relacionada ao tempo de recuperacao pos cirúrgica. A cirurgia será no dia 05 de outubro e tenho viagem internacional agendada para 08 de dezembro. Como será uma viagem de turismo, naturalmente irei caminhar bastante pelos pontos turísticos. Sei que no primeiro mês terei que contar com o auxilio de muletas. Pergunta: até o dia da viagem tenho tempo suficiente para a recuperacao e poderei caminhar por maiores distancias tranqüilamente? Imagino que cada paciente tem uma evolução, mas gostaria de ter uma noção geral. Obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Marcelo!

      A recuperação da meniscectomia é, via de regra, rápida. Em 2 meses você deve estar pronto até pro esporte. Já no caso das suturas (reparos) meniscais, o seu caso, o tempo de recuperação é mais longo. Andando (sem muletas) você vai estar, agora se você vai estar capacitado a andar longas distâncias, isso vai depender de sua evolução. Conversar com seu médico a respeito é a atitude mais sábia.

      Atenciosamente,

      Claudio



      Excluir
  6. Boa tarde! Fiz uma meniscectomia a exatos 2 meses tinha um menisco discoide que se rompeu, segundo o meu médico estava bem estragado... ele retirou o que não servia e emendou o que sobrou, eu ando mancando ainda e não consigo abaixar, não sinto dor, ou melhor, sinto um incomodo ao tentar subir escada com passos intercalados ou quando tento dobrar mais que do que 90º. O meu médico diz que é normal, mas os meus amigos que passaram por cirurgias mais complicadas acham que minha recuperação está muito lenta. Queria saber se é assim mesmo e quando vou poder usar salto? :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Andressa,

      difícil emitir uma opinião adequada sem ter te avaliado. Consulte seu médico e converse em detalhes a respeito de sua condição atual. Ele te operou, sabe o que foi feito, e de fato é ele quem sabe se sua cirurgia foi mais ou menos complicada que a de seus amigos. O tempo de recuperação de um reparo meniscal é bem mais prolongado que o de uma meniscectomia, e pelo que você escreveu ambos os procedimentos foram realizados. Converse também com seu fisioterapeuta, que é quem está lhe acompanhando e sabe de tudo aquilo que está acontecendo no processo de recuperação.

      Sinto não ser de maior ajuda,

      Claudio

      Excluir

Pessoal, não estamos mais respondendo a comentários. Nossa atenção toda está voltada ao nosso site profissional, o Optima Fisioterapia (www.optimafisioterapia.com.br). Agradecemos à compreensão de todos!

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...